COMPOSTAGEM DOS RESÍDUOS SÓLIDOS DA ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE EFLUENTES

12 icon Cidades e Comunidades Sustentáveis
Sobre

Uma das grandes dificuldades atualmente é identificar a alternativa mais adequada, do ponto de vista ambiental, para destinação do resíduo de lodo proveniente de estações de tratamento de efluentes. Na Nitriflex, 55% de todo resíduo sólido é proveniente da ETE. Em 2020 foi gerada cerca de 100 toneladas por mês desse resíduo, o que seria um enorme passivo ambiental se não fosse destinado de forma adequada. Com o intuito de fornecer uma destinação mais sustentável para seus resíduos, a Nitriflex, em parceria com a Organosolo, realizou todos os testes necessários para avaliar a possibilidade de compostagem e desenvolveu, em 2020, a solução para evitar que a Nitriflex continuasse enviando o lodo gerado em seu processo para aterro sanitário. Um projeto capaz de, não somente tratar o resíduo, como também promover a valorização e transformação desses resíduos em produtos que agregam valor para outros segmentos.

Arquivos